Arquivo do mês: fevereiro 2015

Ida e Vincent

Dando continuidade à série de publicações sobre filmes recentes, hoje eu gostaria de falar menos sobre cinema e mais sobre o único tema que importa, a santidade. Para isso, farei comentários sobre uma obra-prima (Ida, de Pawel Pawlikowski) e sobre o … Continuar lendo

Publicado em Cinema | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Ideia e vida

Para que eu consiga escrever com mais facilidade sobre alguns dos filmes a que assisti recentemente, pretendo nas próximas publicações relacionar filmes. Hoje, comentarei brevemente sobre A teoria de tudo e O Grande Hotel Budapeste. Gosto mais desses filmes do … Continuar lendo

Publicado em Cinema | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Um filme de atores

Na Hollywood antiga, contava-se a história que John Ford, após assistir a Rio Vermelho (1948) disse, admirado, para Howard Hawks, diretor daquele filme: “Eu não sabia que esse fdp (John Wayne) sabia atuar”. Durante décadas, Wayne protagonizou diversas obras-primas de … Continuar lendo

Publicado em Cinema | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

True Detective, de Nic Pozzolatto

O contraste psicológico entre um par de detetives é uma fórmula geralmente utilizada no cinema policial como alívio cômico. Por sua vez, não é nada cômica a primeira antologia da série “True Detective”, criada por Nic Pizzolatto e dirigida por … Continuar lendo

Publicado em Séries | Marcado com , , , , | Deixe um comentário